quarta-feira, 13 de abril de 2011

Saúde - O Efeito do Orgasmo no Organismo


Seu corpo aproveita o orgasmo mesmo após o sexo

O prazer passa rápido, mas há ganhos permanentes para a saúde e a beleza

Uma das sensações mais íntimas e deliciosas para homens e mulheres, o orgasmo é muito mais do que sinal do sucesso de uma relação sexual.

A cada dia, os médicos descobrem novos efeitos desta reação orgânica que, além de melhorar as emoções, faz muito pela sua saúde.
O orgasmo contribui para que homens e mulheres vivam com mais qualidade, trata-se de um momento de prazer que reverbera por vários dias", afirma o ginecologista. Neucenir Gallani, da clínica SYMCO.

A seguir, O especialista lista cinco dos principais benefícios que você usufrui quando mantém uma vida sexual ativa.
Mas vale lembrar que o orgasmo não deve ser visto como remédio ou uma obrigação.
Dessa maneira, a cobrança e as pressões internas geram muitos problemas e nenhum benefício acaba sendo notado".

1. Alivia crises de enxaqueca
Quando seu parceiro reclamar, dizendo que não quer sexo porque está com dor de cabeça, use a desculpa a favor da saúde dele.
Segundo o médico, o orgasmo libera substâncias, como as endorfinas, que atuam no sistema nervoso.
Elas diminuem a sensibilidade à dor, relaxando a musculatura e melhorando o humor", afirma o especialista.

2. Melhora o aspecto da pele
Quando há o orgasmo, ocorre uma vaso dilatação superficial dos vasos, até aumentando a temperatura em algumas pessoas.
Com isso, a pele ganha uma aparência mais viçosa e o brilho natural dela fica em destaque.

3. Alivia as cólicas da TPM
O ginecologista faz questão de reforçar que isso não é uma regra, mas acontece com algumas mulheres.
Os movimentos realizados durante o sexo estimulam os órgãos internos, que ficam mais relaxados e, com isso, há diminuição das dores que incomodam seu bem-estar nos dias antes da menstruação.
Mas há mulheres que, na fase pré-menstrual, não têm disposição para o sexo e forçar a barra pode ser pior", diz o ginecologista.

4. Melhora o sono
O relaxamento que o orgasmo traz contribui para que você durma melhor, e não apenas no dias em que houver sexo.
A reação tem efeito prolongado, devido a ação dos neurotransmissores que passam a agir no seu organismo com mais regularidade e numa quantidade maior .

5. Diminui o estresse
O médico faz questão de ressaltar que o orgasmo não deve ser encarado como um remédio calmante, mas como parte de uma relação afetiva que traz prazer.
Quando isso acontece, os níveis de estresse tendem a diminuir não só pela estabilidade emocional, mas também porque os chamados hormônios do estresse, como o cortisol, apresentam atividade reduzida.

Orgasmos múltiplos
Após o orgasmo, o homem tem um período de latência em que, mesmo sendo estimulado, não tem ereção e consegue ficar excitado.
Esta fase de latência varia, em tempo, de indivíduo para indivíduo e tende a ser mais longa com o passar dos anos.
A mulher, por outro lado, pode ter uma fase de latência muito curta ou nem ter, o que possibilita os orgasmos múltiplos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário